Um Vídeo Cômico Sobre As Dificuldades De Comunicação Entre Homens e Mulheres

A comunicação é extremamente importante em qualquer relacionamento. Um dos maiores desafios é poder e estar disposto a abrir mão continuamente dos próprios paradigmas, de modo a compreender o que a outra pessoa diz do ponto de vista dela, da sua experiência de vida.

O vídeo a seguir, de uma maneira muito gráfica e bem-humorada, nos lembra que as pessoas pensam de forma diferente e sem essa "renúncia", todas as oportunidades de diálogo são reduzidas a um simples monólogo entre duas pessoas que se lançam palavras sem o menor eco.

Essa forma preguiçosa e egoísta de se relacionar é verdadeiramente uma praga dos nossos tempos. Acho que em muitas situações perdemos a arte do diálogo; sente-se cercado por alto-falantes unidirecionais. E isso acontece em nossas relações do dia a dia, mesmo com aqueles mais próximos e importantes para nós. E, indo um passo além, o mesmo pode acontecer em nossos esforços de evangelização.

Dois elementos básicos são indispensáveis no repertório de qualquer apostolado: explicar a nossa Fé e ouvir o outro. Os dois andam juntos, se tirarmos um deles, os resultados são uma interação unilateral e estéril. Como se poderá transmitir uma mensagem se não entendermos o linguajar que a outra pessoa utiliza?Como se poderá escolher as palavras certas, o tom de voz correto, os acentos certos se não se tem ideia de como isso impactará as pessoas? Talvez haja 100 assuntos diferentes sobre os quais se poderia falar, como escolher o que é mais importante, mais urgente? Não se trata da superficialidade do politicamente correto; trata-se de reverência:uma conversa que responda à pessoa à sua frente.

A mensagem do vídeo é clara e pode ser aplicada a uma ampla variedade de situações. Poderia servir de uma excelente captatio[1] para qualquer conferência ou palestra sobre namoro ou relacionamentos conjugais, ou poderia ser uma ferramenta para demonstrar como os homens pensam de forma diferente das mulheres, ou como as pessoas pensam de maneira diferente em geral.

Nota

[1] Trata-se de um recurso para captar a boa vontade do público no início de um discurso ou palestra. Também chamado de "captatio benevolentiae" é uma expressão da retórica latina que significa literalmente "atrair a benevolência".

 Fonte: Catholic Link