Um Guia Passo-a-Passo para Não Ler a Bíblia como um Robô: “Lectio Divina”

Escrito por Garret Johnson


Muitas vezes, nossa Wikipedia mental nos ensina a ler como robôs. Uma coisa é ler um texto em que se busca obter informações, outra procurar passar por uma transformação. "Ler" a Bíblia não se destina apenas a oferecer certas idéias ou reflexões, é para ser um encontro, por meio do Espírito Santo, com a Palavra viva que é Jesus.

Rezar com a Sagrada Escritura pode ajudá-lo a ouvir a voz do Espírito Santo, atiçando inspirando seu coração e lhe convidando a ouvir Deus, que fala através das palavras da Bíblia. Como católicos, aceitamos a Bíblia como a Palavra de Deus para o Seu povo, a Igreja. É importante lembrar que a fé cristã não é uma "religião do Livro". O Cristianismo é a religião da "Palavra" de Deus, «não duma palavra escrita e muda, mas do Verbo encarnado e vivo». Para que não sejam letra morta, é preciso que Cristo, Palavra eterna do Deus vivo, pelo Espírito Santo, nos abra o espírito à inteligência das Escrituras [Catecismo, 108].

Para isso, existe uma prática antiga chamada "lectio divina", que significa "leitura sagrada". É um método de como se ler e rezar a Escritura. São muitas as formas na história da Igreja. Deus vai bater e esperar. Com a "lectio" abrimos a porta do nosso egoísmo e damos espaço para Deus em nossos corações.

Esta é uma maneira muito prática de exercitá-la. Tem vários "momentos" ou "atos e movimentos" que iremos descrevê-los agora:

Preparando-se para a sagrada Leitura

Local. Arrume um horário e lugar para rezar. Você pode rezar sozinho ou ter um grupo de "lectio". Iremos explicar a última forma. Em qualquer caso, quando você rezar sozinho, você pode seguir os mesmos passos, excluindo aqueles que exigem a partilha com os outros.

Postura. Fique relaxado e confortável, mas evite qualquer postura que possa levá-lo a dormir.

Selecione uma passagem. Antes de começar, selecione um tema e uma passagem da Sagrada Escritura relacionada ao tema. Geralmente, é melhor ler passagens curtas, ou seja, escolher apenas alguns versículos. Como católico, você lê a Bíblia com a Igreja. Todos percebemos que a Sagrada Escritura foi escrita em um certo contexto e cultura, e que deve ser abordada com isso em mente. Tente ler alguns dos comentários dos Padres da Igreja ou dos Papas para entender melhor a passagem que você selecionou.


INICIE A SUA LECTIO

Há muitas partes na Lectio Divina; elas são aqui delineadas. Ao rezar a Lectio, não há necessidade de introduzir cada oração por seu título (por exemplo, "Fé na presença de Deus: Senhor, nós verdadeiramente ..." apenas comece com "Senhor, nós verdadeiramente ..."). Quando você se sentir mais confortável com este tipo de oração, recomenda-se que você ainda use o mesmo formato, mas para cada oração você talvez goste de fazer sua própria oração. Por exemplo, ao rezar a fé na presença de Deus, você faria sua própria oração nesse sentido, ao invés de usar a que foi fornecida. É importante que façamos tudo o que pudermos para entrar em oração e uma maneira particular é pensar em como podemos rezar a Lectio com nossas próprias palavras.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

1. Preparação

- Fé na presença de Deus: Senhor, acreditamos realmente que está presente entre nós, e queremos vos pedir que nos ajude a abrir nossas mentes e corações, a entender e a receber Vossa palavra em nossas vidas.

- Esperança na misericórdia de Deus: Querido Senhor, em Vossa presença, reconhecemos humildemente nossas faltas e falta de fidelidade para convosco. E por essa razão, nos confiamos ao vosso amor misericordioso, para que possamos aproximarmo-nos de Vós com corações puros.

- Ato de amor

Ao Senhor Jesus: Senhor Jesus, vós conheceis nossos corações e quanto nós vos amamos. Ensine-nos a amar-vos mais e a amar o Plano que o Pai tem para cada um de nós.

Para Nossa Mãe Maria: Querida Mãe, queremos vos mostrar todo o nosso amor, porque sabemos que vós sempre nos guiais para o vosso Filho, o Senhor Jesus, e queremos amá-lo com o mesmo amor que Ele tem por vós.

2. Corpo da oração. A Leitura da Bíblia

A "Leitura" é o primeiro movimento após o início dos atos da "lectio". Um começa pela leitura lenta e consciente da passagem da Escritura. Tente concentrar-se na mensagem. O que Deus está me dizendo nesta passagem? Ao ler, fique atento a qualquer palavra ou frase que pareça "apresentar-se" para você.

- Explicação da passagem (uma ou várias do grupo).

- Momento de silêncio

Este é o momento da meditação pessoal. Depois de tentar entender a mensagem da Bíblia, você pensa sobre como a leitura se aplica à sua própria vida. Paramos para ter tempo de refletir e perguntar: "Deus, o que você quer me dizer neste assunto?" Este movimento implica a escuta espiritual, requer desejo e uma abertura intencional de coração.

- Partilha

Você pode se relacionar com os outros, participando da experiência de oração conjunta com aquilo que você tiver vontade de partilhar. Você também pode pedir ajuda para entender melhor a passagem da Escritura ou aplicá-la a si mesmo. É um momento de liberdade. Ninguém é obrigado a expressar seus pensamentos ou experiências secretas. Mas é uma bela oportunidade para permitir que outros usem suas idéias ou desfrutem de algo que você possui, compartilhando os dons que você recebeu com os outros. É um momento de prudência. Fale o que você acha que pode ajudar os outros.

3. Resoluções Concretas

Fique alguns minutos em silêncio para formular algumas resoluções pessoais muito concretas, guardando-as para si mesmo. "Deus, por que me concentro em minhas deficiências? Eu quero confiar no seu chamado e seus dons na minha vida ". É um momento para ser humilde e comprometido ou seja, levar a sério as suas resoluções e deixar-se comprometer por elas. Somente Deus e você as conhecem.

4. Oração final

Depois de tomar consciência da mensagem de Deus e ter compartilhado com sua comunidade ou grupo de "lectio", é hora de outro momento da oração que se chama "momento forte de oração", uma vez que toda a "lectio" é uma oração contínua.

- Ação de Graças ao Senhor Jesus: Senhor Jesus, queremos agradecer vossa presença em nossa oração e queremos vos pedir que nos ensine a sermos fiéis ao Plano de Deus em todas as circunstâncias da nossa vida.
- Ação de Graças a Virgem Maria: Querida Mãe, queremos vos agradecer por estar conosco durante esta oração e pedimos que a senhora nos ajude a cumprir nossas resoluções concretas.

  • Salve Rainha (todos juntos) ou uma música para Nossa Mãe, como "Consagração à Nossa Senhora".

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Não hesite em revisar esta página quantas vezes você precisar. A Lectio Divina é uma oração especial e leva algum tempo para aprender. Finalmente, aqui estão algumas palavras do Papa Bento XVI dadas no "Congresso Internacional por Ocasião do 40o Aniversário da Constituição Dogmática Dei Verbum" em 2005:

"Neste contexto, gostaria sobretudo de evocar e recomendar a antiga tradição da Lectio divina: a leitura assídua da Sagrada Escritura acompanhada pela oração realiza aquele diálogo íntimo no qual, lendo, escutamos Deus que fala e, rezando, Lhe respondemos com confiante abertura do coração (cf. "Dei Verbum" no. 25). Esta práxis, se for promovida de maneira eficaz, levará a Igreja disto estou convencido a uma nova primavera espiritual. Este ponto firme da pastoral bíblica, a Lectio divina, deve ser por isso ulteriormente encorajada, mediante o uso também dos métodos novos, atentamente ponderados, ao passo com os tempos. Jamais devemos esquecer que a Palavra de Deus é lâmpada para os nossos passos e luz sobre o nosso caminho (cf. Sl 118/119, 105)."

Dois vídeos que podem ser úteis: