12 Igrejas Católicas Francesas Profanadas: “Reflexo De Uma Civilização Doente”

Isso é muito doloroso!

Desde o início de fevereiro, vândalos profanaram mais de uma dúzia de igrejas católicas em toda a França. Eles saquearam, queimaram, destruíram imagens, jogaram Hóstias consagradas por todo o chão e fizeram uma cruz na parede com fezes humanas.

Uma dessas igrejas era a Igreja de Saint-Sulpice, em Paris, a segunda maior igreja católica da França. Ela pegou fogo em 17 de março logo após a Missa do meio-dia de Domingo.

Investigadores consideraram o incêndio como criminoso, mas a identidade do suspeito é desconhecida.

Um usuário do twitter postou um vídeo da igreja em chamas:

O usuário twittou: "A Saint-Sulpice em Paris acabou de pegar fogo quando eu estava dentro dela."

Reportagens informaram que os bombeiros responderam rapidamente e ninguém ficou ferido. Pelo seu site a paróquia solicitou doações, uma vez que o dano causado irá custar vários milhões de euros.

No dia 23 de março, o pároco Pe. Jean-Loup Lacroix disse: "Cremos que escapamos do pior... Nossa igreja era escura: precisamos de mais iluminação... Nossa igreja foi atingida. Temos que protegê-lo melhor."

Dentre outras igrejas profanadas estão: a Igreja de Saint Nicolas de Houilles, a Igreja de Notre-Dame des Enfants, a Catedral de St. Alan de Lavaur, a Igreja de Notre-Dame em Dijon, a Igreja de São Nicolau em Maisons-Laffitte, assim como várias outras na França.

De acordo com a mídia Breibart, relatórios indicam que 80% das profanações de locais de culto na França dizem respeito a igrejas cristãs e que apenas no ano de 2018 isso significou a profanação de uma média de duas igrejas cristãs por dia na França, embora essas ações raramente tenham destaque na mídia.

A Igreja de São Nicolau de Houilles relatou três incidentes de vandalismo em um período de 10 dias. A igreja relata "danos irreparáveis" à imagem da Virgem com o Menino.

Foto da imagem destruída:

@FilFrance, Twitter
@FilFrance, Twitter

Os vândalos na Basílica de Notre-Dame des Enfants desenharam uma cruz na parede com fezes humanas, roubaram itens do altar principal e do tabernáculo, e jogaram as Hóstias Eucarísticas no lixo.

Veja as fotos do vandalismo na igreja de Notre Dame de Enfants:

@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter
@GazettedeNimes, Twitter

De acordo com um artigo na Breitbart, a igreja de Notre-Dame em Dijon "altar-mor sofre saques e as Hóstias também foram tiradas do tabernáculo, espalhadas pelo chão e pisoteadas".

O arcebispo da diocese celebrou uma Missa em reparação ao horrível ato de vandalismo.

Veja as fotos do vandalismo na igreja de Notre-Dame em Dijon:

@DiocesedeDijon, Twitter
@DiocesedeDijon, Twitter
@DiocesedeDijon, Twitter
@DiocesedeDijon, Twitter
@DiocesedeDijon, Twitter
@DiocesedeDijon, Twitter

A Catedral de St. Alan of Lavaur também foi vandalizada. De acordo com a Breitbart, a igreja "foi atacada por jovens, que torceram um braço de uma representação do Cristo Crucificado para fazer parecer que ele estivesse fazendo um gesto obsceno".

@laurentbatigne, Twitter
@laurentbatigne, Twitter

O Cardeal Robert Sarah comentou sobre os vandalismos em fevereiro ao twittar: 

"Os atos de profanação e vandalismo nas igrejas são sempre altamente repreensíveis. Eles são o triste reflexo de uma civilização doente que se deixa levar pelas redes do mal. Bispos, sacerdotes, fiéis devem manter a força e a coragem. RS +"

@Card_R_Sarah, Twitter
@Card_R_Sarah, Twitter

Fonte: ChurchPop