Prendam Bill Gates!

Uma parlamentar italiana causou uma revolta política na semana passada, quando disse que Bill Gates precisava ser preso sob a acusação de crimes contra a humanidade.

Os comentários explodiram nas redes sociais por causa da questão que acompanha Bill Gates: - ele é fã de uma população humana menor.

E embora ele rotineiramente incentive a contracepção e o aborto como um meio de atenuar ou diminuir o número de recém-chegados ao mundo, há uma outra preocupação com relação a ele que surpreende ainda mais:: é a sua mania de vacina.

Por meio da Fundação Bill e Melinda Gates - a propósito, a esposa - Melinda - foi batizada católica e uma grande defensora da contracepção para diminuir a população - a Fundação realiza o trabalho de tentar diminuir o número de seres humanos.

Sara Cunial, do Parlamento italiano, atacou a resposta desastrada e destrutiva de seu próprio governo à crise do coronavírus chinês, dizendo que foi realizada sob a influência de Gates. Ela então o classificou como "criminoso das vacinas".

Ela também chamou atenção para a ligação entre a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o financiamento de Gates, o que causou mais alvoroço quando ela twittou que Gates e suas vacinas eram apenas um meio de "liberar o genocídio", observando que Gates está muito feliz com as vacinado em países pobres.

Notícias recentes revelaram que Gates ofereceu um suborno de US $ 10 milhões à Câmara dos Deputados da Nigéria para um programa de vacinação forçada contra o vírus chinês. Os políticos na Nigéria recusaram a oferta, sem rodeios.

O assunto de interesse pessoal de Gates, de que sua bela vacina esteja voltada para juventude, também não passou despercebido. Ninguém menos que Robert F. Kennedy Jr., sobrinho do presidente John F. Kennedy e presidente da Defesa da Saúde da Criança (DSC), deixa registrado no site da DSC, dizendo: 

"As vacinas, para Bill Gates, são uma filantropia estratégica que promove muitos dos seus negócios relacionados a vacinas (incluindo a ambição da Microsoft de controlar uma empresa de identificação de vacinas global) e dar a ele controle ditatorial da política global de saúde ".

Em 2000, Gates foi autorizado a entrar na Índia para dirigir o esforço de imunização do país contra a poliomielite. Sob sua liderança, até 50 doses de vacinas contra a doença foram administradas a um grande número de crianças indianas antes dos cinco anos de idade e centenas de milhares dessas crianças ficaram com paralisia nos 20 anos que se seguiram.

Enquanto avançava no combate à poliomielite na Índia, ele iniciou outro programa de vacinas experimentais contra o HPV, projetadas para prevenir infecções sexuais. Somente em um ano de 2009, 23.000 meninas foram inoculadas. Segundo Kennedy, 1.200 sofreram graves efeitos colaterais, com 7 meninas indo a óbito.

Como se a Índia não bastasse, Gates fez sua turnê de vacinas pela África, onde 50 das 500 crianças vacinadas desenvolveram paralisia. A esquerda está sempre tagarelando sobre o colonialismo, mas aparentemente não há problema em homens brancos de esquerda usarem uma nação para avançar em sua engenharia social, especialmente uma nação negra.

Os jornais da África do Sul chamaram a atenção: "Somos cobaias para os fabricantes de drogas", repercutiram as manchetes.

Assim, por que este assunto vai além do nível da pura repugnância? Porque o dinheiro de Gates abre todas as portas que ele quiser abrir e, no momento, as vacinas estão na moda.

Existe um triângulo amoroso entre o Dr. Anthony Fauci, a OMS e Bill Gates - uma inter-relação que está deixando muitos extremamente incomodados, especialmente o impacto junto aos governadores de esquerda que falam sobre vacinas "obrigatórias" e multas se forem recusadas.

Muitas idéias estão sendo divulgadas na mídia sobre cartões de viagem, certificados para provar que você foi vacinado antes de entrar em lojas e assim por diante.

Talvez o conselho mais sábio sobre tudo isso seja da mesma deputada italiana que disse que uma resistência deve se formar contra as medidas de lockdown e uma recusa em se submeter a qualquer programa obrigatório de vacinas que possa ser apresentado por Gates e seus aliados no complexo médico-industrial.

Esta história só agora está tomando forma. Tenha certeza que há muito mais por vir - muito mais.

Original em inglês: Church Militant