Os Ritos Da Igreja Católica

21/12/2018

A partir do século IV, se conhecem quatro tipos gerais de liturgia eucarísticas das quais três tiveram sua formação ao redor das grandes igrejas patriarcais: Antioquia, Alexandria e Roma. São estes os "ritosfontes". Ainda se deve adicionar um quarto rito, o rito dito "galicano", que junto com os demais estão na origem dos ritos "derivados" que serão finalmente celebrados em todo o mundo católico.

O rito galicano é um termo genérico sob que reúne ritos ocidentais latinos, mas não romanos. Título comum que compreende tanto o rito observado na Gália quanto, com algumas variantes, na Espanha, na Bretanha, no norte da Itália e em outras regiões.

Os historiadores não estão de acordo sobre as origens desse rito, mas parece certo que o mesmo constitui um uso diferente do de Roma. Os dois se desenvolveram paralelamente, sofrendo influências recíprocas, dos séculos VI ao VIII, até o momento em que o galicano é absorvido pelo romano sob a influência de grandes missionários: Santo Agostinho, na Inglaterra (597) e São Bonifácio na Germânia (+754); sob a influência também de Carlos Magno que, desejando para seu reino uma uniformidade litúrgica, deu-lhe como base o rito observado em Roma.

Até o final do século 19 o rito latino da Igreja Ocidental era composto por duas outras liturgias da Igreja, que estão agora extintas, a saber:

O Galicano (Franco), centrado principalmente na França e na Europa central, com seu uso litúrgico Lionês (Arquidiocese de Lyon na França); e

O Céltico (britânico), centrado principalmente na Inglaterra, com seu uso litúrgico Sarum.

Os únicos sobreviventes do rito galicano comum foram o rito dito "mozarábico" ou "moçárabe", usado em toda a Espanha até o século XI e que subsiste ainda em Toledo e do rito denominado "ambrosiano", ainda hoje observado em Milão.

A Igreja Católica possui 6 ritos (algarismos romanos), que estão subdivididos em 23 igrejas (algarismos árabes) e todas reconhecem o primado do Papa

Além disso, para os fins de registro, existe uma série de outros assim chamados de ritos, conhecido como "ritos históricos das ordens religiosas", que não são verdadeiramente ritos em si, mas principalmente as variações do Rito Latino relacionadas àquelas ordens São eles:

Rito Litúrgico Cartuxo

Rito Litúrgico Cisterciense

Rito Litúrgico Dominicano

Rito Litúrgico Premonstratensiano da Abadia de Nossa Senhora de Tongerlo (Antuérpia)

Rito Litúrgico Franciscano

Rito Litúrgico Beneditino

Rito Litúrgico Servita

Rito Litúrgico Carmelita do Santo Sepulcro

Em anos recentes alguns clérigos anglicanos, com suas congregações inteiras voltaram à comunhão com a Igreja Católica. A Santa Sé permitiu uma Liturgia de Uso Anglicano a ser celebrada pelos ex-ministros anglicanos que se tornaram católicos. A Liturgia de Uso Anglicano consiste no Livro de Orações Comum da liturgia anglicana, com algumas adaptações advindas Ordo do Papa Paulo VI (a Liturgia Romana Revisada ou o Novus Ordo)

Esquema dos Ritos Católica

O esquema a seguir mostra várias famílias litúrgicas Católicas (ritos). A Igreja Católica do Ocidente veio primeiro no tempo. A partir de três principais centros da fé católica - Roma, Antioquia e Alexandria - irradiaram os 6 ritos atualmente em uso no seio da Igreja Católica Apostólica Romana - o Rito Latino - e os outros 5 ritos distribuídos dentre outras 22 Igrejas Católicas do oriente em comunhão com o Romano Pontífice, o Papa.

Fonte e Tradução: Missa Gregoriana (Desativado)